Teve início no último sábado (1) a Semana da Amamentação, campanha promovida pela Aliança Mundial de Ação pró-amamentação (World Alliance for Breastfeeding Action – WABA), com a finalidade de incentivar o aleitamento materno e a criação de bancos de leite, garantindo, assim, melhor qualidade de vida às crianças em todo o mundo.

O tema deste ano é “Amamentação e Trabalho é possível” e tem por objetivo estimular as mães que trabalham fora a realizarem a ordenha (extração do leite), para que seus filhos possam se alimentar durante o período em que elas não estejam presentes.

No Hospital Regional Darcy Vargas (HRDV) e nas unidades da Estratégia Saúde da Família (ESF) do município, estão sendo realizadas, pelos enfermeiros da rede municipal de Saúde, palestras sobre o tema. As interessadas em realizarem a doação devem procurar posto de coleta de leite, sediado no Ambulatório Municipal Manoel Loyola Silva Júnior, onde serão disponibilizadas todas as orientações necessárias para a realização do procedimento.

De acordo com a coordenadora da Sala de Amamentação e Posto de Coleta de Rio Bonito, a enfermeira Maria Odilia da Silva, a doação de leite, que anda em baixa no município, traz benefícios não somente para o bebê que recebe, mas também para a mãe doadora.

– O leite em excesso pode causar vários problemas, caso fique acumulado nos seios da mãe, como a mastite e o ingurjitamento mamário. Além disso, a doação ajuda a mulher a recuperar o seu peso normal e na prevenção do câncer de mama e ovário – destacou.

– Quanto aos benefícios para o bebê receptor, pode-se ressaltar o menor risco de desenvolver doenças respiratórias, infecções urinárias e diarréias, melhor crescimento e maior desenvolvimento mental, intelectual, da fala e dentição – acrescentou.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *