Com o objetivo de chamar atenção do empresariado local para os riscos e métodos de prevenção do câncer de próstata e difundir o trabalho o realizado pelo programa Saúde do Homem, no município, a Prefeitura Municipal, por meio da Secretaria de Saúde, promoveu, nesta terça-feira (17), na Casa do Educador, na Mangueirinha, uma palestra com o médico urologista Flávio Rondinelli.

A ação faz parte da campanha mundial “Novembro Azul”, que visa promover uma mudança de paradigmas em relação à ida do homem ao médico para a realização de exames preventivos do câncer de próstata, por meio da realização de atividades interativas durante todo o mês.

Durante a palestra, o médico abordou as causas, sintomas e formas de prevenção, diagnóstico e tratamento da hiperplasia prostática (tumor benigno da próstata) e do câncer de próstata, órgão localizado entre a bexiga e a uretra, responsável pela produção de substâncias que compõem o líquido seminal, como o antígeno prostático (PSA).

– As duas doenças estão ligadas ao envelhecimento do homem. Com o tempo, a produção de testosterona vai diminuindo, e a próstata perde sua função reprodutiva, o que, somado aos fatores hereditários do paciente, gera um crescimento anormal do órgão – afirmou.

Ainda segundo o médico, no caso de um tumor benigno, o homem pode apresentar sérias dificuldades para urinar, tendo que ser submetido a um tratamento com medicamentos ou, nos casos mais graves, a uma intervenção cirúrgica. Mas não há risco de vida. Quanto ao tumor maligno, quando diagnosticado no início, apresenta um alto percentual de cura, através de radioterapia e cirurgia.

– Porém quando ocorre a metástase, e as células cancerígenas se espalham pelo organismo, não há muito a ser feito em termos de tratamento curativo. Nesse caso, busca-se retardar a evolução da doença através da quimioterapia. Trata-se do segundo tumor maligno que mais atinge o homem, e seus sintomas, que são o emagrecimento e fortes dores no corpo, só surgem quando o mesmo já se encontra em um estágio avançado, o que torna necessária a consulta, ao menos uma vez ao ano, com um urologista – explicou.

De acordo com o coordenador municipal do programa Saúde do Homem, Olício Ferreira, o encontro também foi importante para divulgar junto aos empresários do município o atendimento oferecido pela Prefeitura aos homens que tem entre 20 e 59 anos.

– O programa tem por objetivo criar estratégias de prevenção de doenças e promoção da saúde. Realizamos palestras em escolas, empresas, igrejas e secretarias municipais, a fim de chamar atenção para os cuidados que o homem deve ter com sua saúde, visto que ele vive, em média, sete anos a menos que a mulher. É importante que os empresários repassem essas informações aos seus funcionários – acrescentou.

O programa oferece atendimento com cardiologista, urologista, nutricionista e endocrinologista, no Centro do Coração, na Mangueirinha, às terças-feiras, a partir das 17h. O agendamento das consultas acontece de segunda à sexta-feira, das 7h às 15h.

Por Rodrigo Stutz

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *