A Prefeitura Municipal, por meio da Secretaria de Prevenção à Dependência Química (Sempre), deu início, na última terça-feira (15), à quarta edição do projeto Papo Reto. O programa, que teve início em 2013 e é direcionado aos estudantes do 6º Ano do Ensino Fundamental ao 3º Ano do Ensino Médio e do projeto “Educação de Jovens e Adultos (EJA)”, foi retomado nas escolas municipais Kingston Motta, em Boa Esperança, e Governador Roberto Silveira, em Vertentes.

De acordo o secretário de Prevenção à Dependência Química, Felippe Bortone, a iniciativa tem por objetivo conscientizar os adolescentes, por meio de palestras, seminários, pequenas esquetes, depoimentos de usuários em recuperação e distribuição de material informativo, sobre os riscos do consumo de entorpecentes.

– Acreditamos que as escolas são os principais pontos de prevenção ao uso abusivo de álcool e demais drogas. Por meio do Papo Reto, trabalhamos todo o contexto que envolve a dependência química, como o ambiente familiar, social, as informações propagadas pela mídia, entre outros – explicou.

Ainda segundo o responsável pela pasta de Prevenção à Dependência Química, a relação existente entre a prática do bullying e o conseqüente uso de drogas por parte da vítima também está sendo abordada nesta edição do projeto.

– O Bullying é um tema atual, que está inserido no contexto infantojuvenil. Não há dúvidas de que sua prática pode causar sérios danos psicológicos à criança e ao adolescente e, consequentemente, influenciá-los ao uso de drogas – acrescentou.

Hoje foi a vez da Escola Municipal Annita Moraes receber o projeto. Os próximos encontros acontecerão no dia 22/03, na Escola Municipal Raulbino Mesquita e no dia 23/03, no Colégio Estadual Professor Dyrceu da Costa e novamente na Escola Raulbino Mesquita.

Milhares de alunos de escolas municipais, estaduais e particulares do município já foram beneficiados com a iniciativa.

A Sempre, que está localizada na Rua Desembargador Itabaiana de Oliveira, no prédio em que funcionava o antigo fórum, no Centro, oferece tratamento terapêutico aos dependentes e seus familiares (terapia individual e em grupo), de segunda à sexta-feira, das 8h às 17h.

Por Rodrigo Stutz

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *