O governador Luiz Fernando Pezão, em cerimônia no Palácio Guanabara nessa terça-feira (14), anunciou o repasse de recursos de emenda parlamentar da bancada federal para o custeio das unidades de saúde do Estado. O evento contou com a presença do presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia, o secretário de Estado de Saúde, Luiz Antonio Teixeira Jr., além de vários prefeitos da região, como José Luiz Mandiocão (Rio Bonito) e Sadi Noel (Itaboraí), entre outros. Dos R$ 55 milhões liberados, o Hospital Geral de Nova Iguaçu (Hospital da Posse), na Baixada Fluminense, vai ficar com R$ 15 milhões e as 20 Unidades de Pronto Atendimento (UPAs) irão receber R$ 2 milhões cada uma.

O recurso garantido pela emenda parlamentar em conjunto com a Secretaria de Estado de Saúde visa à manutenção de unidades da rede estadual. Como as Unidades de Pronto Atendimentos municipais são as primeiras portas de entrada ao sistema de saúde e fundamentais para as cidades, parte dos valores foi destinada para a manutenção dessas unidades de saúde, que devido à crise do Estado e dos municípios, estavam com o funcionamento prejudicado.

Fotos: Carlos Magno

Embora esse dinheiro chegue em boa hora, o secretário de Saúde de Rio Bonito, Matheus Neto, afirmou que o Governo do Estado não vem fazendo os repasses necessários para a manutenção da UPA do município e a dívida com o município já passa dos R$ 5,5 milhões. Ele explica que a Unidade de Saúde é mantida com repasses do Governo Federal (50%),  do Governo do Estado (25%) e do município (25%). Nos últimos 30 meses, o município vem arcando sozinho com sua parte e também com a do governo do Estado.

“O governo estadual ficou de nos repassar aproximadamente R$ 7,5 milhões que são referentes aos valores destinados para a manutenção e custeio da UPA. Mas até agora o governador só anunciou a liberação de R$ 2 milhões. Estamos na expectativa que, no inicio do próximo ano, esse dinheiro seja liberado para o município e possamos normalizar o atendimento das unidades de saúde”, afirma Matheus Neto.

Todas as regiões do Estado do RJ foram contempladas com o repasse de R$ 2 milhões das emendas parlamentares. Além do Hospital da Posse, em Nova Iguaçu, vão receber também os repasses as UPAs dos municípios de Belford Roxo, Duque de Caxias, Itaguaí, Nilópolis, São João de Meriti, Barra Mansa, Resende, Volta Redonda, Macaé, Itaperuna, Nova Friburgo, Petrópolis, Teresópolis, Angra dos Reis, Araruama, Cabo Frio, Maricá, Rio Bonito e Três Rios.

Confira as unidades que serão beneficiadas:

LESTE FLUMINENSE

Maricá (UPA) = R$ 2 milhões
Rio Bonito (UPA) = R$ 2 milhões

BAIXADA FLUMINENSE

Nova Iguaçu (Hospital da Posse) = R$ 15 milhões
Belford Roxo (UPA) = R$ 2 milhões
Duque de Caxias (UPA) = R$ 2 milhões
Itaguaí (UPA) = R$ 2 milhões
Nilópolis = R$ 2 milhões
São João de Meriti (UPA) = R$ 2 milhões

MÉDIO PARAÍBA

Barra Mansa (UPA) = R$ 2 milhões
Resende (UPA) = R$ 2 milhões
Volta Redonda (UPA) = R$ 2 milhões

NORTE

Macaé (UPA) = R$ 2 milhões

NOROESTE

Itaperuna (UPA) = R$ 2 milhões

SERRANA

Nova Friburgo (UPA) = R$ 2 milhões
Petrópolis (2 UPAs) = R$ 4 milhões
Teresópolis (UPA) = R$ 2 milhões

BAÍA DA ILHA GRANDE

Angra dos Reis (UPA) = R$ 2 milhões

REGIÃO DOS LAGOS

Araruama (UPA) = R$ 2 milhões
Cabo Frio (UPA) = R$ 2 milhões

CENTRO-SUL

Três Rios (UPA) = R$ 2 milhões

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *