A Prefeitura de Rio Bonito, através da secretaria de Saúde realiza no próximo dia 12 de Maio, o dia D de mobilização da Campanha Nacional de Vacinação contra a Influenza A e B, em todas as unidades de saúde (relação de locais de vacinação em anexo), das 8 às 17 horas. A campanha, que tem como principal objetivo reduzir a mortalidade, as complicações e as internações decorrentes das infecções pelo vírus da gripe (influenza), acontece de 23 de abril a 1° de junho.  A meta é vacinar 90% da população, principalmente as pessoas que fazem parte dos grupos suscetíveis à doença, como crianças de 6 meses a 5 anos, gestantes, puérperas (mulheres que estão no período de até 45 dias após o parto), idosos, profissionais da saúde, povos indígenas, pessoas privadas de liberdade, professores, profissionais da área de saúde e adolescentes e jovens de 12 a 21 anos. Durante a campanha as unidades de saúde funcionarão de segunda a sexta-feira, das 8 às 16 horas. Já no Ambulatório Loyola, o horário de vacinação será  das 7h15min às 16 horas.

  Segundo a Coordenadora de Imunização da secretaria de Saúde, Jane Lima do Amaral, a principal forma de evitar o contágio da doença é se vacinar. Ela explica que a campanha anual de vacinação, realizada entre os meses de abril e maio, contribuiu ao longo dos anos para a prevenção da gripe nos grupos imunizados, além de apresentar impacto de redução das internações hospitalares, mortalidade e gastos com medicamentos para tratamento de infecções secundárias.

“As infecções respiratórias agudas constituem um conjunto de doenças freqüentes e tem maior incidência em pessoas com idade acima de 60 anos e crianças, sendo o vírus da influenza um dos principais agentes etiológicos destas doenças”, explicou Jane Lima.

Ela também afirmou que a única contraindicação da vacina é para quem tem alergia severa a ovo. Além disso, para quem é doador de sangue, devem esperar cerca de 48 horas antes de fazer outra doação.  A vacina disponível no SUS protege contra os três subtipos do vírus da gripe que mais circularam no país: A/H1N1; A/H3N2 e influenza B.

Os grupos prioritários devem se vacinar todos os anos, já que a imunidade contra os vírus cai progressivamente. Além disso, o vírus da gripe passa por mutações frequentes. Por isso, todo ano, a Organização Mundial da Saúde (OMS) faz uma previsão de quais serão os vírus Influenza que devem circular no inverno do hemisfério norte e do hemisfério sul com base em amostras de pacientes coletadas em centros sentinelas distribuídos em todo o mundo.

Vacinação todos os dias: 

Vacinação programada:

Reportagem: Denilson Santos

Foto: Galileu

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *