Os profissionais que atuam no Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu 192) de Rio Bonito participaram do curso de aperfeiçoamento sobre atendimento Treinamento em Ressuscitação Cardiopulmonar (RCP) e Uso de equipamentos para imobilizações em vítimas de trauma (acidentes) destinado a condutores socorristas, enfermeiros e técnicos de enfermagem da equipe que atuam na própria unidade, realizado na Casa do Futuro, na Mangueirinha, nesta terça-feira (24). A parte teórica e prática do curso foram conduzidas pelo profissional do Samu da cidade, Fábio Sá.

A Ressuscitação Cardiopulmonar (RPC) é uma manobra essencial que deve ser praticada quando a respiração e os batimentos cardíacos de alguém param subitamente, e pode ter muitas causas: ataque cardíaco, overdose de drogas/medicamentos, envenenamento, eletrocussão, afogamento, engasgo ou trauma.  A RCP é o procedimento mais importante numa situação de parada cardíaca, e deve ser aplicado o mais rapidamente possível e mantida até a chegada de um desfibrilador.  Numa cardíaca, a cada minuto a vítima perde cerca de 10% de chances de sobreviver. Se a vítima recebe RCP adequada, as chances de sobrevivência aumentam significativamente.

O coordenador municipal do Samu,Claudionor Júnior, falou sobre a importância da capacitação. “A educação continuada é a base do sucesso de cada socorrista. Esse treinamento é essencial para que estejamos atentos às novas técnicas e possamos oferecer um melhor atendimento a população. O despreparo neste momento significa vidas em risco e, muitas vezes, mortes que poderiam ser evitadas”, afirmou o Coordenador do Samu, Claudionor Júnior, que participou do curso, juntamente com sua equipe de trabalho.

Texto: Denilson Santos

Fotos: César Augusto Galeão

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *