A prefeitura de Rio Bonito deu mais um passo importante no sentido de equipar e qualificar os serviços que são oferecidos pela Guarda Municipal da cidade.  Oito guardas efetivos da corporação fizeram o curso e treinamento para a utilização de armas não letais de dispositivo elétrico incapacitante (Spark), realizado no  dia 20 de setembro, na  Cidade da Ordem Pública, no Barreto, em Niterói. O emprego de tecnologias de armamentos não letais é recomendado pela Secretaria Nacional de Segurança Pública, Programa Nacional de Segurança Pública com Cidadania e pela Organização das Nações Unidas.

O secretário de Gestão e Ordem Pública, Márcio Soares, explicou que está adquirindo, nesse primeiro momento, cinco armas Spark e um lançador 40 mm. Mas que a aquisição desses equipamentos representa um avanço para a corporação no trabalho diário nas ruas.

“Quando assumimos secretaria, decidimos reestruturar a Guarda Municipal dando a ela uma missão muito clara de combate aos pequenos delitos e prevenção à violência. As armas, conhecidas como Sparks, são dispositivos elétricos incapacitantes que emitem pulsos elétricos que atuam sobre o sistema neuromuscular, causando desorientação, fortes contrações musculares e queda do indivíduo, permitindo a incapacitação temporária do agressor. Os guardas que utilizarão o equipamento receberam treinamento específico e serão supervisionados por especialistas”, garante o secretário.

Investimento em Segurança – Desde o ano passado, a secretaria de Gestão e Ordem Pública, juntamente com a Chefia de Gabinete e a Procuradoria do Município montaram um comissão para avaliar e fazer à adequação as normas estabelecidas pela Lei Federal 13022/14, promulgada pela presidente Dilma Rousseff, que aumentou a competência das guardas municipais e as autoriza a auxiliar na manutenção da ordem pública, inclusive a usar armas (letais e não letais).

Rio Bonito vem se debruçando nessa questão da segurança pública, principalmente no sentido de usar, de forma mais ampla, o efetivo da guarda. Além de aumentar a participação em cursos de qualificação e aperfeiçoamento para atuar nas novas funções, a prefeitura também comprou novos veículos e começou a colocar em prática o projeto para a implantação do sistema de monitoramento da cidade, com a instalação câmeras de alta resolução, inclusive com a utilização de um drone.

Texto: Denilson Santos

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *