Correr para salvar vidas tem sido a rotina dos motoristas que dirigem ambulâncias no município. Eles foram homenageados nesta quarta-feira (10), data em que se comemora o Dia do Motorista. A solenidade foi realizada na base do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu 192) e contou com a presença do prefeito José Luiz Mandiocão, da secretária de Saúde, Rita de Cássia Gomes, além do Coordenador Geral do SAMU Metropolitana 2, Olavo Cabral, além do diretor administrativo do SAMU, Paulo César Garrido, a vereador Marlene Carvalho,médicos, enfermeiros e técnicos de enfermagem que atuam no setor.

Segundo o coordenador municipal do Samu, Claudionor Júnior, que também é condutor de ambulância, falou das conquistas da categoria que hoje tem condições de trabalho e que, regularmente, participam de cursos de capacitação. Ele também afirmou que, nos próximos dias, deve chegar mais uma ambulância destinada ao SAMU 192. O veículo foi doado pelo Ministério da Saúde para ser utilizado como renovação de frota.

“A educação continuada e o treinamento são a base do sucesso de cada motorista. O treinamento é essencial para que estejamos atentos às novas técnicas e possamos oferecer um melhor atendimento a população. O despreparo neste momento significa vidas em risco e, muitas vezes, mortes que poderiam ser evitadas. Por isso que estamos aqui para homenagear todos os motoristas de ambulância do município, que são verdadeiros guerreiros”, afirmou.

O Coordenador Geral do SAMU Metropolitana 2, Olavo Cabral, explicou que a criação do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência regional para foi uma estratégica para desafogar a rede de saúde pública do Rio, pois somente municípios com uma população acima dos 50 mil habitantes tinham direito ao serviço. Segundo ele, alguns prefeitos se uniram e criaram microrregiões dentro do próprio Estado.

“Na prática, as cidades vizinhas passaram a contar com uma ambulância do SAMU em cada município. A nossa região foi a primeira a receber o serviço regional, pois aqui deu muito certo com a união dos prefeitos dos municípios de Rio Bonito, Silva Jardim, Tanguá, Itaboraí, São Gonçalo, Maricá e Niterói. Hoje temos 24 ambulâncias para atender a cerca de 2 milhões de pessoas. Não é suficiente, mas com o trabalho e empenhos dos profissionais das equipes, continuamos nossa missão de salvar vidas”, garante.

A construção da  base do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu 192) de Rio Bonito completa 9 anos em dezembro. O prefeito José Luiz Mandiocão lembrou que o local  foi construído numa área onde existiria inicialmente a delegacia legal. Foi feita uma parceria com o governo estadual para que a DP fosse construída às margens da rodovia BR 101, na Praça Cruzeiro, o que possibilitou também uma melhor operacionalidade das equipes da Polícia Civil.

“Eu sempre que passava na Mangueirinha, via aquela obra parada. Então fizemos uma proposta ao Governo do Estado e cedemos outro local para funcionar a delegacia. Fizemos uma obra muito bonita e principalmente útil porque geramos economia com o aluguel da unidade do Samu. Este serviço é muito importante pois aqui passam duas importantes rodovias, a BR 101 e a Via Lagos, onde ocorrem acidentes frequentemente e sem esse serviço e os profissionais que hoje estamos homenageando, muitas vidas seriam perdidas”, disse o prefeito.

Texto: Denilson Santos

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *