A secretaria de fazenda inicia no mês de novembro mais uma etapa do projeto “Contribuinte Bonito”. Com o objetivo de incentivar os comerciantes do município a se regularizarem, a operação fiscal irá percorrer os estabelecimentos localizados no bairro da Praça Cruzeiro.

Desde o inicio do projeto, mais de 100 locais comerciais receberam a visita dos fiscais, que através de uma abordagem orientadora verificam a situação de cada estabelecimento, dando um prazo de 10 dias caso não tenha o alvará de localização e de funcionamento e assim seja providenciado evitando ser autuado.

Segundo o Secretário de Fazenda, Renato Poubel, o contribuinte regularizado, além de permitir e incentivar a livre concorrência, recolhe seus respectivos tributos municipais que são revertidos em melhorias para a população.

“É importante lembrar que é por meio dos impostos que o governo arrecada o dinheiro necessário para prestar os serviços à população, fazer a manutenção da cidade, construir escolas, obras viárias, entre tantas outras realizações. Dessa forma, a falta do pagamento dos tributos compromete as ações do governo municipal”, afirmou Poubel.

O Secretário acrescentou que a emissão de Nota Fiscal só é possível pra quem possui o Alvará de Funcionamento, sem este documento o estabelecimento está sonegando imposto.

“Por tudo isso, torna-se muito importante que cada cidadão exerça efetivamente sua cidadania. Quantas compras deixamos de solicitar a nota fiscal? Quantos serviços deixamos de solicitar a nota fiscal? Imagine a quantidade de tributos que não são arrecadados por nossa falta de atitude” disse Renato.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *