Uma parceria entre as secretarias de Promoção Social, Saúde e Educação tem o objetivo de levar o tema Gravidez na adolescência para sala de aula. O colégio municipal dr. Kingston Guimarães de Souza Motta, no Parque Andrea recebeu as equipes municipais para uma palestra e bate-papo sobre o tema.

De acordo com a diretora da escola, Ilma Pessanha, a realização de atividades na escola garante bons resultados com os alunos.
“Dessa vez a palestra foi acompanhada para alunos do sétimo e do nono ano. Eles sempre participam bastante. É importante essa participação e garante bons resultados, tanto pela participação, como pela conscientização sobre os temas”, disse a diretora.
A psicóloga, Cristiane Luz, falou sobre a importância de evitar a gravidez na adolescência e como esta afeta a vida dos jovens, não apenas as meninas, mas também os meninos.
“Uma gravidez precoce é sempre muito difícil de enfrentar, além de problemas de saúde que podem acarretar, tem as questões psicológicas e biológicas, já que em muitos casos as meninas ainda estão em formação. De acordo com dados da Organização Mundial de Saúde (OMS), atualmente o número de jovens grávidas tem diminuído, isso pode ser também reflexo do aumento dos canais de informação. Antigamente o assunto era tabu, hoje os jovens se informam principalmente nas redes sociais”, declarou.
A atividade contou com a participação das equipes do CRAS e do ESF de Parque Andrea e faz parte da Semana Nacional de Prevenção da Gravidez na Adolescência cuja Lei nº 13.798, que acrescenta ao Estatuto da Criança e do Adolescente (Lei 8.069/1990) artigo instituindo a data de 1º de fevereiro para início da Semana Nacional de Prevenção da Gravidez na Adolescência, foi sancionada pelo presidente Jair Bolsonaro. As secretarias realizarão esta e outras ações durante todo o mês de fevereiro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *