A creche municipal professora Dulcinéa S. Valadares recebeu nesta sexta-feira, dia 29, o Projeto Dividindo Alegria (PDA), que reúne um grupo de palhaço que faz um trabalho de humanização em hospitais, asilos, orfanatos, creches, entre outros, levando diversão para as pessoas. As crianças da creche se apaixonaram pelas brincadeiras dos palhaços Xubrega, Faniquita, Dodói e Risinho que distribuíram pipocas, doces e muita alegria. O evento foi alusivo ao Dia do Circo, comemorado na quarta-feira, dia 27 de março.

“Gostei muito dos palhaços e também das brincadeiras. Me diverti bastante com meus amigos. Tinha que acontecer mais vezes”, afirma o aluno Heitor Machado, de 4 anos, que nunca participou de um espetáculo de circo.

Segundo a professora Maria Júlia Serra Goulart, essa interação com esse tipo de espetáculo é fundamental para diversificar o aprendizado da criança, além de ampliar o horizonte cultural que eles vivem.

“Essa interação com o mundo do circo é muito importante, pois complemente todo o aprendizado que eles têm nas aulas convencionais. Para a maioria deles foi uma boa novidade, que vai render bastante assunto durante a semana”, garante a professora.

A secretária de Educação, Wanderlúbia Antunes, disse que estuda a possibilidade de fazer outras parcerias para ampliar esse trabalho cultural dentro das escolas.
“Estamos trabalhando e procurando parceiros com o objetivo de ampliar e diversificar o acesso dos alunos a todo tipo de movimento cultural, como aconteceu aqui hoje onde foram apresentados a magia do circo”, explica a secretária.

Dividindo Alegria – Atualmente o grupo do PDA tem nove integrantes e fazem esse trabalho há mais de dois anos, levando alegria e humanização para hospitais, creches e orfanatos. No próximo dia 14 de abril, eles estarão no Esporte Clube Fluminense, no Centro, a partir das 9 horas, num evento aberto ao público, com dança, música e alegria.

“Nosso trabalho é levar amor, esperança e alegria para as pessoas”, disse Antônio Knauth, também conhecido como o palhaço “Xubrega”.

Texto: Denilson Santos
Fotos: Galileu

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *