Adriano Andrade e Daniele Silva, moradores do Basílio, curtiram o sábado apreciando os produtos expostos na Primeira edição da Feira de Antiguidades realizada na Praça Fonseca Portela, no Centro de Rio Bonito.

“Minha avó tinha muita coisa antiga em casa e eu fui uma criança acumuladora. Quando casei tinha muitos objetos antigos e fui enfeitando a casa. Meu marido achava estranho, depois viu que era moda e passou também a apreciar essa tendência. Hoje ele é pior que eu”, declarou Daniele ao lado do marido que acrescentou estar adorando a Feira. “Um amigo me avisou e a gente veio conferir. Valeu a pena, muita coisa bacana. Muitos objetos antigos. Estou aguardando a próxima, pois essa Feira é muito legal, já vou convidar outras pessoas que também curtem”, declarou.

Mãe e filha, Hélia Carla e Rebeca Cardoso, também não arredaram o pé da Feira de Antiguidades e aprovaram a iniciativa.
“Está lindíssima a Feira. Fiquei sabendo pelo facebook da prefeitura e vim conferir. Está melhor que esperava”, apontou a mãe que embora não seja colecionadora, acompanha a filha que tem algumas coleções.
“Quero vir mais vezes. Estou encantada, pois ter um espaço como este em Rio Bonito é muito legal. A gente costuma ir pro Rio e outras cidades em busca desse tipo de evento”, disse Rebeca que coleciona papéis de carta, borrachas, miniaturas e chaveiros, mas se encantou com as coleções de moedas.
O prefeito José Luiz Alves Antunes foi conferir a Feira de Antiguidades.
“A cidade de Rio Bonito tem essa vocação para eventos, para as artes e também para antiguidades, somos uma cidade cheia de história. Essa Feira de Antiguidades é excelente iniciativa e vai se tornar referência na região”, disse o prefeito.
A secretária de Cultura e Turismo, Carmen Mota falou da importância da Feira.
“Estamos realizando a primeira edição da Feira de Antiguidades numa parceria com o Conselho Regional de Turismo e as pessoas aprovaram. Foi realmente muito positivo. Os colecionadores de Rio Bonito já nos procuraram e estão fazendo o cadastro para colocarem também objetos à venda. Também tivemos a Feira de Artesanato valorizando os artesãos locais. Agora estamos estudando um final de semana fixo para a realização da Feira que será mantida em nosso calendário de eventos”, aformou a secretária.
O presidente do Conselho regional de Turismo Caminhos da Mata, Felipe Rocha, ficou surpreso com a participação da população local.
“A Feira de Antiguidades está entrando no calendário de ações regionais que envolve as cidades de Silva Jardim, Rio Bonito, Tanguá, São Gonçalo e Itaboraí. Em Rio Bonito nos surpreendeu a grande participação dos moradores.  Ao longo do dia muita gente veio prestigiar e conhecer a Feira. É certamente um indício de que será realmente referência na região “, disse Felipe que é também secretário de Governo, Cultura e Turismo de Silva Jardim.
A Feira de Antiguidades também contou com turistas que estavam na cidade. O casal Orcidea Santos Azevedo e Paulo Fernandes Azevedo moram em São Pedro da Aldeia e estão passando férias na cidade.
“Meu marido é daqui e mesmo morando em outra cidade a gente vem visitar os amigos e familiares. Estamos hospedados no hotel e ficamos sabendo da Feira. Aproveitei para pedir uma foto com o prefeito Mandiocão, de quem somos fãs”, declarou.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *