Os profissionais que atuam no Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu 192) de Rio Bonito participaram do curso de aperfeiçoamento sobre Suporte Básico de Vida e Avaliação da Vitima de Trauma, destinado a todos os profissionais envolvidos no atendimento, como médicos, enfermeiro, técnico de enfermagem, condutores e administrativos, realizado na sede da unidade, na Mangueirinha, nesta quinta-feira (15). O curso, dividido em parte teórica e prática, foi conduzido pelo técnico do Samu, Fábio Sá, pelo Instrutor de Procedimentos Básico e técnico de enfermagem, Claudemir Quirino.

Parada cardiorrespiratória de adultos, crianças e bebês, suporte básico de vida (obstrução de vias aéreas), além de atendimento inicial ao politraumatizado, entre outros, foram alguns dos temas abordados no curso. Além disso, os técnicos tiram dúvidas sobre a Reanimação Cardiopulmonar (RPC), manobra essencial praticada quando a respiração e os batimentos cardíacos de alguém param subitamente, e pode ter muitas causas: ataque cardíaco, overdose de drogas/medicamentos, envenenamento, eletrocussão, afogamento, engasgo ou trauma.

“Focamos o treinamento do curso na RCP, pois é o procedimento mais importante numa situação de parada cardíaca, e deve ser aplicado o mais rapidamente possível. Se a vítima recebe RCP adequada, as chances de sobrevivência aumentam significativamente”, afirma o instrutor Fábio Sá.

O curso também falou da importância do ABCDE do Trauma, uma série de cuidados básicos e extremamente importantes para garantir a sobrevivência da vítima ao sofrer um acidente. Através de uma análise simples e cuidados, um médico ou socorrista pode manter uma pessoa a salvo antes de precisar de outros tipos de tratamentos mais específicos. Cada uma das letras corresponde a uma parte do processo de estabilização de uma vítima, como vias aéreas (A), respiração (B), circulação (C), incapacidade (D) e exposição (E).

“Ao contrário do que pode parecer, saber o ABCDE do Trauma não é algo exclusivo as profissionais de saúde. Mesmo um leigo no assunto pode, através de um treinamento adequado, identificar e aplicar os padrões necessários para socorro de vítimas em situações de emergência”, afirmou o Técnico de Emergência, Claudemir Quirino.

No próximo dia 23 de agosto, os profissionais do Samu de Rio Bonito participam do Curso de Atendimento ao Paciente e Oficinas de Habilidades para técnicos e condutores, que acontece no Centro Administrativo da prefeitura, das 8 às 17 horas, com a participação de profissionais de Tanguá, Silva Jardim e Rio Bonito.

“Esse treinamento é essencial para que estejamos atentos às novas técnicas e possamos oferecer um melhor atendimento a população. O despreparo neste momento significa vidas em risco e, muitas vezes, mortes que poderiam ser evitadas”, afirmou o Coordenador do Samu de Rio Bonito, Claudionor Júnior, que participou do curso, juntamente com sua equipe de trabalho.

Texto: Denilson Santos

Fotos: Galileu

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *