A Secretaria de Saúde ampliou os atendimentos odontológicos que são feitos nas Estratégias de Saúde da Família (ESFs) do município. Todos os dias, cada vez mais moradores recebem tratamento dentário num posto próximo a sua residência. Esta semana a Coordenadora das ESFs, Roberta Dermier, acompanhada da coordenadora do Programa de Saúde Bucal, Letícia Nunes, se reuniram com dentistas e auxiliares no Centro Odontológico (CORB), na Mangueirinha, e fizeram um balanço e avaliação do atendimento odontológico das unidades de saúde do município, além de traçar as metas para o próximo ano.

“Estamos ampliando a oferta dos serviços de odontologia nas unidades de saúde, fazendo com que estejam cada vez mais próximos da população. Assim, ampliamos a cobertura e a facilidade do atendimento próximo às residências dos pacientes. As equipes também estão se preparando para as metas do ano que vem, quando pretendemos alcançar ainda mais pessoas”, afirmou a secretária de Saúde, Dailane Magalhães.

De acordo com dados divulgados durante a reunião, são mais de seis mil atendimentos mensais realizados em vinte e duas unidades de saúde (ESFs) e no CORB. Serviços como limpeza, restauração, tratamento de canal, cirurgia, biópsia e aplicação de flúor, são realizados por cerca de 60 profissionais que atuam nesses locais.

A Estratégia Saúde da Família do Ipê é uma das unidades de saúde do município que oferecem serviço odontológico.

Outras Especialidades – Mesmo ampliando os locais de atendimento, a prefeitura mantém um Centro de Especialidades Odontológicas (CEO) que realiza vários serviços considerados mais complexos, como tratamento de canal, tratamento da gengiva, cirurgia oral (extração de dente e siso), atendimento a pacientes com necessidades especiais, além de tratamentos a gestantes, hipertensos e diabéticos crônicos.

“Trabalhando em equipe conseguimos aumentar significativamente o número de atendimentos, que em outubro passaram de seis mil. Apesar de toda a dificuldade, estamos juntos alcançando esse número de atendimentos, que para nós é uma enorme felicidade”, garante Letícia Nunes.

A Coordenadora das ESFs, Roberta Dermier, e a coordenadora do Programa de Saúde Bucal, Letícia Nunes (E), se reuniram com os dentistas que atuam nas Estratégias Saúde da Família (ESF).

Brasil Sorridente – Essa ampliação da cobertura serviço de saúde bucal é realizada através do Programa Brasil Sorridente, criado em 2004, que faz parte da Política Nacional de Saúde Bucal do Ministério da Saúde. Esse programa prevê uma série de ações para facilitar e ampliar o acesso da população ao tratamento odontológico gratuito por meio do Sistema Único de Saúde (SUS).

O próximo encontro vai reunir médicos e a coordenação médica das Estratégias Saúde da Família (ESF), no próximo dia 6 de dezembro, no Centro Administrativo da prefeitura, na Praça Cruzeiro.

Texto: Denilson Santos

Fotos: Rogério Rodrigues.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *