Começou a vigorar nessa sexta-feira (20) o decreto do prefeito José Luiz Mandiocão que determina, por um prazo indeterminado, o fechamento de todos os acessos da cidade, exceto ao bairro Green Valley. Para fazer cumprir o decreto, a secretaria de Obras colocou barreiras nos locais que dão acesso as vias municipais, e as equipes da secretaria de Fazenda e da Guarda Municipal estão nas ruas para que sejam cumpridas todas as recomendações do decreto.

Segundo o prefeito José Luiz Mandiocão, a necessidade de adoção de medidas duras tem o objetivo de reduzir a circulação de pessoas no município, de forma a manter os moradores em casa, para evitar contaminações em grande escala e preservar a saúde da população em geral. Os moradores que tiverem alguma emergência e precisarem sair da cidade, irão utilizar a estrada que dá acesso ao Green Valley.

Além disso, também foi decretado o fechamento de lojas e comércio em geral, menos os supermercados, hortifrutigranjeiros, mercados que trabalham com gêneros alimentícios, padarias, açougues, peixarias, postos de gasolina e comércios voltados para alimentos e medicamentos veterinários que funcionarão no expediente das 8 às 17 horas.

Também estão proibidos o funcionamento de restaurantes, bares e lanchonetes, sendo liberados apenas aqueles que trabalham com serviços de entrega (delivery). As Farmácias, laboratórios e todos os demais estabelecimentos de saúde continuam abertos e funcionando em horário normal. Também está proibido o acesso a rios, cachoeiras e piscinas públicas da cidade.

Fiscalização – Durante todo o dia de ontem, fiscais de postura da Secretaria de Fazenda percorreram mais de 35 estabelecimentos comerciais do município, para fazer valer o cumprimento do decreto. Com o apoio da Guarda Municipal, estiveram em bares, restaurantes, lanchonetes, clubes, e casas de festas e eventos, onde orientaram os comerciantes quanto ao distanciamento das mesas, aglomeração, horário de fechamento, dentre outras medidas previstas no Decreto Municipal 313/2020. Centro, Boa Esperança, Bela Vista, Praça Cruzeiro, Green Valley, e Mangueirinha foram apenas alguns dos bairros em que os fiscais estiveram. Com o intuito de também informar os clientes, os agentes afixaram o Decreto nas casas comerciais.

Texto: Denilson Santos

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *