Depois de antecipar a Campanha Nacional de Vacinação contra a Influenza em três semanas, o Ministério da Saúde agora vai incluir os caminhoneiros, motoristas de transporte coletivo e portuários na segunda fase da campanha. Isso se deve a exposição desses profissionais nesse momento de pandemia que o mundo está passando.

Outra mudança é que professores do ensino básico ou superior, passarão a ser vacinados na terceira fase, que começa em 9 de maio, já que as aulas estão suspensas. O profissional da educação que apresenta doença crônica, deve se imunizar na segunda fase. Para atender às novas demandas, o Governo Federal informa que “um quantitativo a mais de vacina será adquirido para contemplar a inclusão do novo grupo”.

Os profissionais do ramo de transporte não precisam se vacinar somente no município que residem, já que circulam por todo o país. O Ministério informa ainda, que os motoristas de aplicativo e taxi, não estão incluídos nesta fase, “devido ao escalonamento da entrega das vacinas pelo laboratório produtor e a indisponibilidade de quantitativo para atender a todos”.

Veja as datas e as fases da Campanha de Vacinação contra a Gripe

1ª fase – Idosos (60 anos e mais) e trabalhadores da saúde – Início em 23 de março.

2ª fase – Profissionais das forças de segurança e salvamento, portadores de doenças crônicas não transmissíveis e outras condições clínicas especiais, funcionários do sistema prisional, adolescentes e jovens de 12 a 21 anos sob medidas socioeducativas, população privada de liberdade, caminhoneiros, motoristas de transporte coletivo e portuários – Início em 16 de abril.

3ª fase – Professores de escolas públicas e privadas, crianças de 6 meses a menores de 6 anos, gestantes, puérperas, povos indígenas, adultos de 55 a 59 anos de idade, pessoas com deficiência – Início em 9 de maio.

Texto: Lívia Louzada

Foto: internet

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *