Por orientação do governo estadual, a Defesa Civil em todo o Estado está debatendo sobre o Plano de Contingência da Gestão de cadáveres da Covid-19, e em Rio Bonito não está sendo diferente. Na manhã desta segunda-feira (04), representantes da Defesa Civil, dos cemitérios públicos e particulares, Secretarias de Saúde, Promoção Social, Obras e Gabinete se reuniram e discutiram estratégias a ser tomadas, caso o número de mortes aumente muito e a cidade entre em um colapso.

Dois dos principais assuntos que ainda serão definidos, são um local que funcione como cemitério emergencial para sepultamento dos mortos por covid, e a locação de um caminhão ou câmara frigorífica para armazenar corpos desses falecidos com o vírus, caso a cidade entre em colapso funeral. Na próxima semana, o mesmo grupo se reunirá novamente para fechar o plano que será seguido na cidade.

Segundo o chefe da Defesa Civil do município, Aldeci Mendonça, a intenção é que o município se planeje para um possível colapso. “Temos que ficar preparados, pois se a cidade tiver um colapso e muitas pessoas vierem a óbito, precisamos estar prontos”, disse Mendonça.

 

Texto: Lívia Louzada

Foto: Rogério Rodrigues

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *