Uma boa notícia para os profissionais que trabalham com cultura e turismo. O Governo Federal publicou uma medida provisória que libera R$ 5 bilhões para o financiamento de empresas do setor. Os recursos foram liberados por meio da Medida Provisória 963/2020, publicada no dia 8 de maio, e serão usados pelo órgão para socorrer o setor de viagens e turismo, um dos mais afetados pela pandemia do novo coronavírus. Grande parte desses recursos, cerca de 80%, o equivalente a R$ 4 bilhões, irá para empréstimos a micro, pequenas e médias empresas. Os demais 20%, cerca de R$ 1 bilhão, será disponibilizado para as grandes empresas. Os créditos poderão ser tomados em 17 instituições financeiras, entre elas a Caixa Econômica Federal.

A secretária de Cultura e Turismo, Carmem Motta, explicou que a MP beneficia prestadores de serviços e empresas nas áreas de hospedagem (hotéis e pousadas), agências de turismo, transportadoras turísticas, organizadoras de eventos, parques temáticos, acampamentos turísticos, restaurantes, cafeterias, bares, entre outros setores. Mas para terem acesso aos recursos, a empresa ou o prestador de serviços deve ser cadastrado no Ministério do Turismo (Cadastur). O cadastro pode ser feito no endereço eletrônico: https://cadastur.turismo.gov.br/hotsite/#!/public/capa/entrar.

“É fundamental que as empresas e profissionais que atuam no setor de turismo façam o cadastro no Ministério do Turismo, para terem acesso a esses recursos, que são muito importantes nesse momento de crise. Os valores disponibilizados poderão ser utilizados livremente pelas empresas, como para capital de giro ou para compra de equipamentos ou para reformas, entre outros”, afirma a secretária Carmem Motta.

Empréstimos a Juros Baixos – Quem conseguir o financiamento junto a uma das 17 instituições financeiras cadastradas, só vai começar a pagar após 12 meses, a uma taxa de juros inferior a 0,9% ao mês. O Ministério do Turismo também disponibilizou uma linha de crédito especial para os guias de turismo, que poderão tomar até R$ 5 mil emprestados.

Os empresários e profissionais do setor de cultura e turismo que tiverem alguma dúvida sobre essas medidas ou mesmo sobre o cadastramento no Ministério do Turismo, pode procurar a secretaria Municipal de Cultura e Turismo, que funciona no Centro Administrativo da prefeitura, na Praça Cruzeiro.

Texto: Denilson Santos

Fotos: Rogério Rodrigues

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *