O aumento do número de casos de coronavírus em Rio Bonito nos últimos 30 dias assustou a população. Segundo a Vigilância em Saúde do município, isso se deve a chegada dos testes rápidos, que entregam o resultado em 15 minutos. Antes, os exames que eram feitos demoravam entre 10 a 15 dias para terem um resultado. Os testes estão sendo realizados em profissionais de saúde em atividade, profissionais de segurança pública em atividade e pessoas do grupo de risco, mas todos esses somente se estiverem com sintomas. O teste rápido é feito a partir do 11º dia de sintomas, antes desse período o exame não é eficaz.

Desde o início da pandemia, o município vinha recebendo testes tradicionais para detecção do coronavírus, que eram enviados para análise no Laboratório Lacen, no Rio de Janeiro. Esse número de exames era bem limitado, mas desde o início de maio, o Ministério da Saúde enviou os testes rápidos, em maior quantidade, que é feito a partir de um furo no dedo da pessoa para coleta de sangue. Segundo a coordenadora da Vigilância em Saúde de Rio Bonito, Indiara Teixeira, por causa disso, mais pessoas tiveram a oportunidade de fazer o teste.

Mas ela alerta que somente fazer o exame, não substitui o tratamento, e que só são feitas as detecções em pacientes que foram encaminhados e agendados pelos ESF’s. Quem mora em algum bairro que não tem a cobertura de ESF, como por exemplo, no Centro, pode procurar o Posto Central, próximo a agência da Caixa Econômica Federal e obter orientação.

“Se a pessoa perceber que está com sintomas, procure o ESF mais próximo e lá irão avaliar o estado de saúde e se realmente o paciente apresentar um quadro compatível, a unidade irá marcar com a Vigilância o teste desse paciente”, explicou Indiara.

 

Texto: Lívia Louzada

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *