A secretaria de Turismo está fazendo o repasse para os Artistas de Rio Bonito que têm direito aos recursos previstos na Lei Aldir Blanc, regulamentada em agosto deste ano para socorrer o setor cultural e de eventos durante a pandemia do novo coronavírus. O recurso está sendo usado para pagamento de renda emergencial aos trabalhadores da cultura.

A lei foi aprovada em junho deste ano em homenagem ao compositor e escritor Aldir Blanc, que morreu em maio, vítima da Covid-19, e visa socorrer profissionais e espaços da área da cultura, que foram obrigados a suspender seus trabalhos. Artistas, produtores, técnicos, artesãos que se enquadrem nos pré-requisitos do processo estão recebendo a ajuda.

Os artesãos, por exemplo, tiveram que comprovar a sua atuação de forma documental e audiovisual, nas áreas artística e cultural. A artesã Dáfila Monique da Silva Goulart, que trabalha com pintura em tecido, bordado com as técnicas de ponto cruz, é uma das profissionais que tem direito a receber ajuda emergencial.

“Tenho minha formação Acadêmica em Pedagogia, já atuei trabalhando em colégio, mas hoje minha renda é somente do artesanato. Em 2017 consegui a minha sonhada carteirinha de artesão. Foi mais uma etapa de conquista e alegria. Essa ajuda emergencial vai ser aplicada  em compras de materiais para continuar a minha produção e também a pagar algumas contas pequenas. Além disso,  irá me ajudar a comprar e-book que preciso para realizar as receitas. Como já citei, busco inovar sempre”, afirma a artesã que agradeceu a dedicação da secretaria de Cultura em trazer para os artesãos de Rio Bonito a oportunidade da inscrição na Lei Aldir Blanc.

Audiovisual – Outro segmento beneficiado foi o dos profissionais que trabalham com audiovisual. Nessa categoria, Marcos Vinícius Nascimento foi o único que se mostrou apto a executar e receber o recurso. Toda produção e filmagem foi feita por ele e sua equipe de profissionais que atuam no setor de audiovisual. Eles ficaram responsáveis pelo trabalho de fotografia, filmagem e edição das apresentações das premiações, como a live de música, Projeto Dança Popular do Passinho, Arte Urbana, entre outros.

Texto: Denilson Santos
Foto: Rogério Rodrigues

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *