A Secretaria de Prevenção à Dependência Química (Sempre) realizou, na tarde desta quarta-feira (15), na Pinacoteca Municipal Antônio Benevides Filho, a eleição dos membros do Conselho Municipal de Políticas Sobre Drogas (Comad), criado pela lei municipal nº 1877/13, com complemento da lei nº 1981/14. O órgão, que, entre outras atribuições, tem a função de formular e apresentar anualmente uma Plano Municipal de Prevenção, Tratamento, Fiscalização e Repressão ao uso e abuso de Substâncias Psicoativas lícitas e ilícitas e apresentar propostas para a criação de leis municipais que atendam as carências detectadas por estudos específicos, é composto por sete representantes de órgãos públicos e sete de associações civis.

Além da Sempre, representam o poder público, as secretarias municipais de Saúde, Educação, Esporte e Promoção Social, o Conselho Tutelar e a Guarda Municipal. Já a sociedade civil é representada pelas igrejas católica e evangélicas, escolas do município, Câmara dos Vereadores, OAB, comunidades terapêuticas e grupos de autoajuda.

Segundo o responsável pela pasta da Prevenção à Dependência Química, Felippe Bortone, “o Comad representa a integração entre o governo e a sociedade, por meio da qual serão planejadas as políticas de prevenção ao uso de drogas”.

Nos dias 3 e 12 de agosto, respectivamente, acontecerão a eleição da diretoria do conselho e a aprovação de seu regimento interno, na sede da Sempre, no Centro e a apresentação do órgão à sociedade, na Câmara Municipal, também localizada no Centro.

Estiveram presentes no encontro, o chefe de Gabinete, Waldir Júnior; as secretárias de Cultura e Comunicação Social, Rosilane Matos e Maria de Fátima Mendonça, respectivamente, o representante da 35ª Subseção da OAB Gustavo Froes e a assessora especial da Prefeitura, Lucy Teixeira.

Por Rodrigo Stutz

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *