A Prefeitura Municipal, por meio da Secretaria de Educação (SME), criou uma comissão para elaborar e apresentar propostas destinadas à reposição das aulas referentes ao período de greve dos profissionais da rede municipal de ensino, de forma que as 800 horas de aulas e os 200 dias letivos exigidos pela Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional (LDB) sejam respeitados, e a aprendizagem dos alunos, assegurada.

A junta é composta por cinco representantes da SME e dois do Sindicato Estadual dos Profissionais de Educação (Sepe).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *